Menu
Busca quarta, 08 de abril de 2020
corona
Política

Senadora diz que atuará em favor de MS na Reforma Tributária

A primeira reunião do colegiado ocorrerá na próxima terça-feira

27 fevereiro 2020 - 09h17Por Rayani Santa Cruz

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) acredita que a Reforma Tributária é a mais importante a ser votada no Congresso este ano. Ela garante que será contrária a medidas que possam prejudicar o Mato Grosso do Sul. “Os esforços serão para favorecer o Mato Grosso do Sul. Prejudicar, jamais! ”. Ela é a única parlamentar do Estado a integrar a comissão mista do Congresso, criada recentemente para debater as propostas. 

A primeira reunião do colegiado ocorrerá na próxima terça-feira, 03 de março.

A comissão deve construir um único texto sobre a reforma. A expectativa é de que o texto seja concluído em 45 dias e de que a matéria possa ser discutida e votada ainda no primeiro semestre. 

Para Simone, a Comissão Mista vai ajudar no diálogo entre Congresso e Governo Federal. “Nós não podemos ter vaidades, nem pensar em protagonismos. Temos um projeto da Câmara e um projeto do Senado. A pergunta é: Qual é o ideal para o País? Quem vai dizer? senadores e deputados que vão sentar na mesma mesa junto com o Governo federal para encontrar o melhor texto”, disse.

 

(Com assessoria)

 

Leia Também

Servidora socorre cãozinho ferido, mas tratamento é caro e apela por doações no Nova Bahia
Cidade Morena
Servidora socorre cãozinho ferido, mas tratamento é caro e apela por doações no Nova Bahia
Gilmar Mendes defende soltura de presos durante a pandemia: 'questão de saúde pública'
Geral
Gilmar Mendes defende soltura de presos durante a pandemia: 'questão de saúde pública'
Marquinhos lamenta desrespeito nos ônibus e Consórcio garante: 'só passageiros sentados'
Cidade Morena
Marquinhos lamenta desrespeito nos ônibus e Consórcio garante: 'só passageiros sentados'
'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta
Geral
'Tá tudo certo entre nós. Parabéns ao ministro', diz Bolsonaro após reunião com Mandetta