TJMS dezembro
Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
Política

Trutis defende trabalho infantil, mas coleciona processos por não pagar direitos a funcionárias

Deputado federal justifica que fez acordo em 90% das ações

11 julho 2019 - 07h00Por Thiago de Souza

O deputado federal Tio Trutis (PSL) defendeu os argumentos do presidente Jair Bolsonaro a favor do trabalho infantil. Ele até revelou que vendia abacates quando tinha 12 anos. No entanto, o parlamentar coleciona processos trabalhistas por não pagar direitos aos ex-empregados. 

No site do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, consta um processo de uma funcionária que atuou no Trutis Bacon Bar, em Campo Grande. O motivo da ação não é descrito e consta somente o resumo das movimentações. A audiência de conciliação entre as partes está marcada para 17 de julho. 

''Os processos estão correndo. Em 90% a gente fez acordo com as partes, que está sendo pago. Somente um que eu me recuso a pagar por questões ideológicas... Foi identificada má fé da outra parte, onde ela mentiu... Esse eu vou levar até a última instância...'', justificou o deputado. 

Trutis revela que já respondeu a seis processos trabalhistas em três negócios que possuiu. 

''... tive mais de 100 funcionários nesses oito anos... Não existe empresário no Brasil que não tem processo trabalhista. Existe um excesso de legislação no país e desanima os empreendedores por causa dos encargos'', explicou. 

O deputado se diz vítima de um advogado que estaria recrutando funcionárias que atuavam na modalidade ''free lancer'' da lanchonete que possuía para ajuizar ações.  

''A gente chama isso de advogado 'sanguessuga'... Para dar veracidade à ação da cliente dele, ele tenta montar várias outras ações para ver se ele convence o juiz...'', argumentou.