Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
Política

Vereadores criticam ação em ano eleitoral e querem saber: onde Santa Casa achou dinheiro?

O hospital está promovendo ações nas Moreninhas; diretor é pré-candidato à prefeitura pelo PP

06 fevereiro 2020 - 13h00Por Rayani Santa Cruz

Vereadores de Campo Grande acharam estranho e estão questionando a ação social “Santa Casa nos Bairros”, que será promovida nas Moreninhas, no próximo sábado (8). O hospital, que vive em crise financeira, tem como diretor: Esacheu Nascimento, que é afiliado ao PP e pré-candidato à prefeitura.

A ação foi alvo de críticas pelo líder do prefeito, vereador Chiquinho Telles (PSD), nesta quinta-feira (6). Ele questionou os motivos e intenções do auxílio “em ano eleitoral”.

“Por que só agora em ano eleitoral? Se tinha dinheiro para isso, deveriam ter realizado desde o ano passado. Já vimos esse hospital capengando em relação às finanças. Eu só vi santo milagreiro na novela Roque Santeiro”, falou na tribuna.

Em contrapartida e com mais neutralidade, o vereador Otávio Trad (PTB) disse que é preciso cautela nas declarações. “Não podemos ter concepções antecipadas. Por isso, elaboramos o requerimento com as dúvidas”.

Os vereadores fizeram questionamentos diversos ao hospital. Eles querem saber de onde vem os recursos para a atividade e que tema será abordado durante o atendimento ao público.

Telles chegou a dizer que, se a ação for por voluntariado, ele irá retirar todas as críticas. 

A ação

A Santa Casa de Campo Grande realizará no próximo sábado (8), das 8h às 16h, a primeira ação do programa “Santa Casa nos Bairros” que acontecerá na Associação dos Moradores das Moreninhas 1 e 2. A ação vai oferecer exames médicos preventivos, atendimento de beleza, orientação para saúde, educação e lazer para toda família.