TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
terça, 09 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Expo VIP Beleza II
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Política

Vereador vai à polícia por ofensa e ameaça de Bernal: 'me chamou de filho da put# no dia das mães'

Ofensas e xingamentos teriam vindo por meio do WhatsApp e Facebook

12 maio 2019 - 18h25Por Thiago de Souza

O vereador Valdir Gomes (Progressistas) registrou ocorrência, neste domingo (12), por ameaça e ofensas vindas, supostamente, do ex-prefeito Alcides Bernal, do mesmo partido, em Campo Grande. Bernal teria dito que ‘’não se responsabilizaria se o encontrasse na rua’’. 

''Ainda me chamou de filho da put# no dia das mães. Minha mãe está acamada'', lamentou o parlamentar, que foi à Depac Centro, acompanhado do deputado estadual Jamilson Name (PDT).  

Ao TopMídiaNews, Gomes disse que ele está descontente com o partido e que quer deixar a legenda, mas não pode fazer isso no momento, porque se não perde o mandato. 

''Ele [Bernal] quer que eu e o Vendramini [deputado estadual] deixemos o partido'', mas eu não posso fazer isso'', afirmou Valdir. 

Conforme Gomes, as ofensas de Bernal vieram em um grupo dos membros do partido no WhatsApp. O ex-prefeito teria ofendido vários políticos da legenda. 

O vereador diz que há tempos ele e outros políticos querem sair do Progressistas por falta de espaço e diálogo na legenda. No entanto, neste sábado (11), Bernal teria cobrado dos dois a desfiliação imediata da sigla. 

''Aí hoje ele veio no meu Facebook e me xingou de tudo quanto é coisa. Me mandou ir a put# que pariu e me chamou de vagabundo’’, relatou o parlamentar, ainda nervoso. 

''O que ele quer dizer com isso? Eu não vou dar meu mandato para ele. Vou disputar a eleição e se não vencer, volto pra casa'', desabafou Valdir Gomes. 

Apesar da insatisfação de longa data entre ambas as partes, Gomes supõe que o ‘’estouro’’ de Bernal neste momento seja por conta de comentários de que Vendramini iria assumir o comando do partido e que Gomes iria se candidatar à prefeitura. 

''Isso nunca aconteceu. Não quero comandar partido nem sair para prefeito. Vou tentar minha reeleição, não teria condições de enfrentar a máquina da prefeitura ou do governo para ser candidato à prefeito'', declarou Valdir. 

Nesta segunda-feira (13), o vereador vai apresentar o caso à Câmara Municipal para que a Casa de Leis o ajude a deixar o partido. 

''Vou montar um processo e ver com a Justiça Eleitoral para deixar o partido. Por enquanto vou ficar sem partido, só não quero ficar lá porque estou recebendo ameaças'', esclareceu Gomes. 

Tentamos contato com Alcides Bernal por telefone e WhatsApp, mas não houve resposta.