(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

VÍDEO: Marun visita Temer na PF e diz ter encontrado o amigo ‘inconformado’

Ex-ministro diz ter comparecido na condição de advogado e espera que ex-presidente seja solto na próxima semana

11 MAI 2019
Amanda Amaral
14h02min
Foto: Reprodução/Twitter

O ex-ministro chefe da Secretaria de Governo Carlos Marun (MDB/MS) visitou o ex-presidente Michel Temer (MDB) na sede da Polícia Federal em São Paulo, onde o amigo e antigo aliado político está preso desde quinta-feira (9). A ida ao local aconteceu na manhã de sexta-feira (10) e logo após Marun registrou em vídeo ter encontrado Temer ‘indignado, inconformado’.

“É um professor de direito, sabe da absoluta ilegalidade de sua prisão, mas encontrei-o ainda confiante na Justiça”, diz Marun, que teria o visitado na condição de advogado, já que nas sextas-feiras não ocorrem visitas comuns.

Temer foi preso por ordem do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) no âmbito da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava-Jato que atribui a ele o papel de líder de organização criminosa para desvios de R$ 1,8 bilhão ao longo de 30 anos de crimes.

Marun defende veementemente o ex-presidente. “Posso afirmar que o presidente é um homem honrado, que tem patrimônio compatível com a renda auferida em mais de seis décadas de trabalho exitoso. [...] Não tem conta no exterior, não tem vida nababesca, não existe uma única prova que sinalize qualquer tentativa de enriquecimento ilícito”, afirma.

O ex-ministro sul-mato-grossense diz que espera que na próxima terça-feira (14) Temer seja solto, já que não haveria justificativas para mantê-lo preso, ainda que investigado. “Agora temos que falar absurda prisão preventiva. O presidente não tem nenhuma condenação, não apresenta risco sociedade, não obstruiu Justiça, não tomou atitude que pudesse sinalizar intenção de fuga. Essa prisão é absurda e ilegal”, conclui.

Veja o vídeo:

Veja também