tCE COVID 19 18 A 16/05
Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
camara municipal
Saúde

Com 515 respiradores, MS vai receber mais equipamento se casos de coronavírus aumentarem

Fábricas de equipamentos estão direcionadas a produzir 3,5 mil aparelhos por mês

25 março 2020 - 19h00Por Nathalia Pelzl

Mato Groso do Sul tem 515 respiradores na rede pública de saúde para atender pacientes infectados pelo covid-19, novo coronavírus.

O número, segundo o secretário de governo Eduardo Riedel, deve aumentar já que o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta está em contato com as quatro fábricas do Brasil. Elas estão direcionadas para fabricar 3,5 mil aparelhos por mês.

A informação foi divulgada durante live no Facebook. “Vão ser disponibilizados na medida que a demanda houver, a contaminação ocorre de maneira distinta nas regiões”, destacou.

A informação foi reforçada pela secretária-adjunta da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Christine Maymone.

“Temos tentado comprar o maior número possível para abrir mais e mais leitos de UTI. Mandetta também está através de quatro empresas que já atendem o ministério e trabalhando intensamente para nova compra de respiradores”.

Outros itens

Os materiais para combate do coronavírus já começaram a ser entregues para as secretarias municipais do Estado. Os materiais foram distribuídos pelo Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Segundo o governo do estado, a previsão é que até o final desta semana todas as regionais sejam contempladas e façam a entrega para os demais municípios, alcançando todo o Estado.

Cada kit é composto por litros de álcool 70 líquido (em proporções definidas de acordo com o tamanho e setor de risco de cada município); álcool em gel; EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual), como luvas, óculos de proteção; material informativo, tanto para o coronavírus como para o combate ao mosquito da dengue; além das doses de vacina contra a Influenza.

O álcool em gel transportado para o interior faz parte da doação dos 200 mil litros de álcool feita pela Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul) e que estão sendo envasados pela Bamboa – indústria de refrigerantes e cerveja do Estado, fruto da articulação do Governo de MS, por intermédio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

A SES recebeu também 9,1 mil jalecos e 15 mil máscaras de proteção do Ministério da Saúde nesta terça-feira (24) que será encaminhado ao interior. A distribuição é proporcional ao número de habitantes de cada município e será entregue às secretarias municipais e de assistência de saúde local, priorizando os hospitais de referência. “O volume repartido por cidade foi pactuado com os membros do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul, garantindo transparência e também prestação de contas do que foi recebido pela SES”, ressalta o titular da pasta, Geraldo Resende.

Leia Também

Esteira com tv e internet para Hamilton Mourão vai custar R$ 44 mil
Geral
Esteira com tv e internet para Hamilton Mourão vai custar R$ 44 mil
O Globo e Folha alegam insegurança e desistem de cobrir Bolsonaro no Alvorada
Geral
O Globo e Folha alegam insegurança e desistem de cobrir Bolsonaro no Alvorada
Senado obriga Weintraub a dar explicações sobre 'vagabundos do STF'
Geral
Senado obriga Weintraub a dar explicações sobre 'vagabundos do STF'
GUERRA CONTINUA: Celso de Mello apreende câmera que filmou reunião 'polêmica'
Geral
GUERRA CONTINUA: Celso de Mello apreende câmera que filmou reunião 'polêmica'