TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Após meses de espera, rapaz não é avisado sobre data e perde consulta para cirurgia de hérnia

Paciente está há mais de seis meses sem trabalhar devido a dor

26 julho 2018 - 17h00Por Kerolyn Araújo

Eder Antônio Ferreira, 30 anos, foi diagnosticado como hérnia inguino escrotal, entrou na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para tentar uma consulta, mas acabou perdendo o atendimento porque não foi avisado da data que ela estava marcada.

Segundo o rapaz, ele está desde janeiro sem trabalhar por causa do problema, devido as fortes dores que sente. Com a longa fila de espera pela cirurgia no SUS (Sistema Único de Saúde), ele entrou com um pedido de consulta pela Defensoria Pública.

O pedido de consulta solicitado pela Defensoria foi encaminhado à Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) no dia 15 de maio. Dois dias depois, o órgão foi informado que a consulta havia sido agendada para o dia 17 de julho. 

Conforme o paciente, ele não foi informado da data da consulta e perdeu o atendimento. 

O TopMídiaNews entrou em contato com a Sesau e foi informado que, quando a consulta é ingressada pela Defensoria Pública, este órgão é o responsável para informar o paciente em caso de agendamento.

A Defensoria Pública informou que os registros de atendimento comprovam que o assistido compareceu pela última vez à Instituição no dia 26 de abril. Nos dias 25 de maio e 7 de junho, por duas vezes, foram feitas ligações e enviadas mensagens para o celular do assistido informando sobre a consulta médica marcada para o dia 17 de julho, sem sucesso.

O órgão ainda ressalta a importância dos assistidos manterem atualizados os dados cadastrais e acompanhar periodicamente o andamento de seus processos.