Menu
domingo, 22 de maio de 2022 Campo Grande/MS
FAMASUL MAIO BANNER
Campo Grande

Lesões precisam estabilizar para que bebê vítima de queimaduras passe por cirurgia

O incêndio destruiu a casa onde a menina de nove meses morava com a família

16 julho 2018 - 13h10Por Anna Gomes

Continua internada a bebê de nove meses que foi resgatada por vizinhos durante incêndio em uma residência, no último dia 10, no Parque do Lageado, na Capital. Ela aguarda estabilização do estado de saúde para passar por cirurgia. A menina teve lesões diversas, mas a queimadura de 3º grau atingiu mais a palma das mãos.

A equipe de reportagem do TopMídiaNews entrou em contato com a assessoria de imprensa da Santa Casa e foi informada que a bebê está consciente, orientada e acompanhada de familiares. A criança está na enfermaria do hospital, no setor de queimados. Ela sofreu ferimentos no couro cabeludo, no rosto, costas e pernas.

Ainda a assessoria da Santa Casa, o tratamento contra queimaduras é lento, por isso não há previsão de alta. Assim que as lesões estiveram estabilizadas, será possível passar por cirurgia plástica nas mãos.

Incêndio

O incêndio destruiu uma casa na manhã de terça-feira (10), na Rua Eldio Pinheiro, em Campo Grande. No local, estavam uma mulher e oito crianças, entre elas a bebê, de apenas nove meses.

Dentro do imóvel, a mãe das crianças também pedia socorro para retirar seus filhos da residência. Com uma marreta, os vizinhos conseguiram quebrar uma parede para tirar algumas vítimas.

Um vizinho disse que estava saindo de casa quando viu uma fumaça. Ao chegar na casa, juntamente com outro homem, ele conseguiu entrar e retirar o bebê.

“Quando entrei vi o bebê no chão e as pessoas pedindo  socorro. Passei a mão no rosto criança, tirei de dentro da casa e a colocamos em um carro de outro vizinho para ser levada a um hospital’’, disse Luciano. Todas as pessoas que estavam na casa tiveram queimaduras.