TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sábado, 04 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
MAIS DENÚNCIAS

Vendedor é humilhado e obrigado a limpar chão no Carrefour de Campo Grande (vídeo)

É o segundo caso de assédio da mesma gerente contra subordinados

25 outubro 2021 - 07h00Por Thiago de Souza

O vendedor Pedro Henrique, 23 anos, ficou arrasado, ao ser humilhado pela gerente do setor de Eletro, no Carrefour, em Campo Grande. Ela o obrigou a limpar o chão e ainda gravou a cena, tirando sarro. 

O vídeo foi gravado por uma cliente, que Pedro não conhece, e teria se revoltado com a humilhação. A vítima diz que a cena teria ocorrido no dia 28 de setembro. 

Pedro contou que atua na loja há quatro anos e já foi até promovido. Ele detalhou que é vendedor do setor de Eletro e a gerente da loja recebeu ordens para deixar tudo limpo, em razão da visita da diretora regional do Carrefour. 

Primeiro, diz Pedro Henrique, a gerente exigiu que ele limpasse geladeira e fogão. Depois, viu que tinha uma mancha no piso do corredor central, segundo ele causado por um adesivo ou cola. 

A vítima diz que a empresa terceirizada não teria avisado a suspeita que não havia conseguido tirar a mancha e o serviço foi passado para ele. 

‘’sua missão vai ser limpar isso aqui’’, disse o rapaz. Ele destacou que tentou de várias formas tirar a sujeira, e até jogou o pano no chão para esfregar com o pé, mas não conseguiu. 

‘’Aí ela disse: ‘se vira, fique de quatro e dê um jeito de limpar isso’’, relatou Pedro Henrique. Enquanto ele limpava, a gerente ligou para a diretora da unidade, identificada como ‘’Rosana’’, e tirou sarro do vendedor. 

‘’Rô, olha isso, esse menino tem valor [tom de deboche]... Ele não limpa a casa dele’’, zombou a gerente para a suposta diretora. 

‘’Foi um constrangimento que eu passei na frente de todo mundo’’, garantiu a vítima. Ele disse que se sujeitou a fazer a limpeza porque está terminando a faculdade e teve medo de levar advertência ou ser demitido. 

SUSTO

Além de ser zombado pela gerente, o vendedor diz ter vivido outro pesadelo: o de ver o vídeo gravado nas redes sociais. 

‘’Acordei e disse: ‘meu Deus do céu, sou eu no vídeo

‘’Muita gente fez meme, outros apoiaram a gerente, mas alguns me defenderam também’’, contou Pedro Henrique. Ele acrescenta que está apreensivo, pois  não sabe qual será a reação dos colegas e teme pela diretoria da empresa. O funcionário entrou de licença médica no dia 14 de outubro, quando teve reação ao tomar a vacina contra a covid. O retorno dele está previsto para sexta-feira (21). 

OUTRO LADO

Em nota, o mercado afirmou que “o Carrefour repudia todo e qualquer comportamento indevido por parte de seus colaboradores. Estamos apurando o caso internamente e, por ora, houve o afastamento da profissional envolvida.”

MAIS DENÚNCIAS

No dia 19 de outubro, o TopMídiaNews relatou a denúncia de uma outra cliente, que flagrou a vendedora, do mesmo setor de Pedro Henrique, ser humilhada pela mesma gerente. 

Segundo a testemunha, a gerente apontava o dedo e gritava para que a funcionária limpasse os eletrodomésticos da seção. 

A cliente refletiu sobre a situação e na postagem sugere que o hipermercado deveria capacitar os funcionários que exercem cargos de liderança. 

‘’Feedback [avaliação de como está o trabalho] se dá de forma individual e em área restrita e não expondo o funcionário. Eu sinto muito pela trabalhadora’’, observou a mulher. Ela acrescentou que mandou mensagem para o Instagram do Carrefour, pois não suporta ver gente ser humilhada. 

Por meio de assessoria, a empresa informou que "está apurando o caso internamente e repudia todo e qualquer comportamento indevido por parte de seus colaboradores."