TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 08 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
SENAI SUPER BANNER JULHO E AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Cidades

Projeto tira crianças e jovens das ruas através do futebol no Parque do Sol e Dom Antônio

Mesmo sem patrocínio, cerca de 40 alunos passam participam do programa

01 novembro 2019 - 07h00Por Nathalia Pelzl

O acadêmico de educação física e monitor esportivo, Edelson Ortiz Cordeiro, 28 anos, é responsável pelo projeto ‘Clube Atlético Santista’, que atende crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, nos bairros Parque do Sol e Dom Antônio Barbosa, região sul de Campo Grande.

Com oito anos de existência, o projeto busca, através do esporte, tirar as crianças das ruas e do acesso à criminalidade presente nos bairros.

Edelson conta que o projeto funciona de terça a sexta-feira, no período da manhã e à tarde, das 9h às 11h e das 15h às 17h.

“Por dia recebemos cerca de 40 crianças aqui. É preciso estar matriculada na escola, ter boas notas, bom convívio familiar, saber se dedicar aos treinamentos, além de ser responsável. Temos regras, além da prática esportiva, para que as crianças e adolescentes desenvolvam um caráter positivo”, destaca.

Sem patrocínio, Edelson usa recursos do próprio salário, além de rifas organizadas pelo grupo para manter o projeto.

“No momento estamos apenas criando rifas, ajuda dos pais para alguns eventos, estão bem escassas as parcerias, mas temos a rede solidária, que cede um espaço e lanche quando temos eventos, e também a Fraternidade Despertar, que ajuda a gente com rifas. Nosso custo gira em torno de R$ 6 mil. Temos ajuda de dois pais que fazem parte da comissão e eu que também ajudo, é meio complicado por causa disso, vamos na raça mesmo”, defende.

Além disso, a estrutura também é problema. “Tudo adaptado, campo pequeno de terra que usamos para fazer o treinamento dos atletas. Gostaríamos de ter estrutura, no caso, o material esportivo, temos muita ausência de bola, cones, colete”.

Mesmo diante de todas as dificuldades, ele conta que a paixão pelo esporte e a vontade de ajudar essas crianças fala mais alto. “Fazemos porque somos apaixonados pelo esporte, e sabemos que não é fácil a vida dessas crianças. Hoje temos oito anos de existência e já revelamos jogadores”, finaliza.

Quem tiver interesse em ajudar ou doar materiais, pode entrar em contato pelo telefone (67) 9 9236-0303.