Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Geral

Com cachorro no colo, Bolsonaro sanciona pena maior para maus-tratos a animais

Michelle Bolsonaro teve influência na sanção da lei

29 setembro 2020 - 19h43Por Thiago de Souza

Com um ‘’doguinho caramelo’’ no colo, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei 1095 de 2019, que aumenta pena por maus-tratos contra cães e gatos no Brasil. 

"É uma lei muito bem-vinda. Será compatível com a agressão que o ser dito racional tem contra um animal", afirmou o presidente Jair Bolsonaro, durante cerimônia no Palácio do Planalto. 

A sanção do projeto, do deputado Fred Costa (Patriotas) teve apoio da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Não houve vetos. 

O cão segurado pelo presidente é o Sansão, que foi vítima de violência em Minas Gerais. 

"Nunca antes na história deste país abriram essa porta para um evento de promoção de bem-estar e defesa dos animais", afirmou o deputado Fred, sobre o evento de sanção da lei. "Não tive em momento nenhum dúvida que isso não fosse acontecer (sanção do projeto). A partir de hoje, quem cometer crime vai ter o que merece, prisão."  

Como fica 

Atualmente, quem maltrata animal é enquadrado no art. 32 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), com pena de detenção de três meses a um ano de reclusão e multa. A nova lei modifica a pena e passa para reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de o agressor ser tutor de animais.  Além de prever punição a estabelecimentos comerciais que facilitarem o crime.

 

 

Leia Também

Sinpol apoia combate à covid e vai fazer testes em policiais no feriadão em Bonito
Cidades
Sinpol apoia combate à covid e vai fazer testes em policiais no feriadão em Bonito
Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Cidade Morena
Juiz nega recurso e mantém candidatura do PCO barrada em Campo Grande
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Geral
Apesar da promessa, governo diz que não tem previsão de pagar 13º do Bolsa Família
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande
Cidade Morena
Em horário noturno, candidatos citam distritos e corredor de ônibus em Campo Grande