Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Geral

Rapaz é preso após atropelar a ex e outras cinco pessoas

Vítimas estavam no acostamento da Rodovia Aristides da Costa Barros, onde próximo funciona um bar

03 fevereiro 2019 - 18h50Por G1

Um rapaz de 23 anos foi preso em flagrante, na madrugada deste domingo (3), após atropelar seis pessoas e matar duas delas na altura do quilômetro 40 da Rodovia Aristides da Costa Barros, em Guareí (SP).

De acordo com informações da Polícia Rodoviária, Jeremias Gustavo Marra atropelou primeiro a ex-mulher, Sulamita Camargo, de 26 anos.

Os dois foram casados por quatro anos, mas há pouco mais de 1 ano estavam separados, ainda segundo informações da Polícia Rodoviária.

Depois de atingir a ex-companheira, Jeremias atropelou outras cinco pessoas, sendo um homem e quatro mulheres.

A Polícia Rodoviária informou que as outras vítimas não estavam junto com Sulamita no momento do acidente. Todos estavam no acostamento da rodovia, onde próximo funciona um bar.

A ex-companheira do suspeito foi socorrida e levada ao pronto-socorro de Guareí com pequenas fraturas, mas já teve alta médica.

Já o homem atingido pelo carro, Eduardo Corrêa de Andrade, de 28 anos, morreu ainda no local do acidente.

Entre as mulheres atingidas, Camila Santos Cardoso, de 22 anos, foi socorrida e levada ao Hospital Leo Orsi Bernades, em Itapetininga (SP), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

Já Valéria Aparecida Andrade e Samara Pedroso de Andrade seguem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo hospital em Itapetininga. O estado de saúde delas é considerado regular.

A outra mulher atingida, Talita Furtado Ferreira está grávida, mas o acidente não afetou o bebê, segundo informou a polícia. Ela passou por atendimento no pronto-socorro de Guareí, mas já foi liberada.

O carro que Jeremias dirigia foi recolhido e levado pra delegacia. Segundo a polícia, os pneus estavam carecas, a lataria amassada e o para-brisa trincado.

Ainda de acordo com a polícia, o teste do bafômetro indicou que Jeremias tinha consumido bebida alcoólica e não tinha carteira de habilitação. Ele foi detido e levado para delegacia de Guareí.

Um boletim de ocorrência foi registrado por homicídio doloso (quando há intenção de matar), tentativa de feminicídio, lesão corporal e falta de habilitação.

Jeremias deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (4) no Fórum de Porangaba (SP).

Leia Também

Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Geral
Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Geral
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Geral
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca
Polícia
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca