Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Interior

Três Lagoas ignora decreto estadual e mantém comércio aberto

Por conta própria, cidade se classificou como Bandeira Vermelha em vez de Cinza

14 junho 2021 - 19h41Por Thiago de Souza

Três Lagoas anunciou, nesta segunda-feira (14), que vai adotar critérios referentes à Bandeira Vermelha, situação em que o comércio pode funcionar. O município ignorou determinação do Governo do Estado, que exige medidas mais severas. 

Conforme o Perfil News, o prefeito Angelo Guerreiro esteve reunido com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas e outros representantes de segmentos do comércio. 

Em decreto, Guerreiro refletiu que a cidade tem tomado diversas medidas de prevenção à covid, além de investir na saúde e melhorias nas unidades que atendem pacientes da doença. 

Outra justificativa do prefeito é que a ocupação de leitos de UTI por pacientes da cidade representa apenas 50%, sendo o restante dos doentes vindos da macrorregião de Três Lagoas.

‘’Dessa forma, Três Lagoas será, ao longo do tempo, prejudicada por ser sede de macrorregião de saúde, internando pacientes de outros municípios, independente da quantidade de leitos disponíveis ou do êxito das medidas de restrição locais’’, informou a prefeitura. 

Além disso, diz o prefeito, o decreto considera o reconhecimento da competência dos Municípios na adoção de medidas para o enfrentamento à pandemia de combate ao COVID-19 declarado pelo Supremo Tribunal Federal

Mesmo com a flexibilização, o presidente da ACI disse que vai promover uma carreata pacífica nesta terça-feira (15), a fim de mostrar ao Governo de MS que os comerciantes não aceitam as medidas restritivas. 

Decreto

A prefeitura ignorou classificação do Prosseguir, que classificou a cidade como Bandeira Cinza. Neste caso, Três Lagoas deveria manter aberto somente os serviços considerados essenciais e toque de recolher mais severo.