Menu
quinta, 01 de outubro de 2020
Polícia

Adolescente de 14 anos é estuprada em matagal; suspeito é preso

A menor foi puxada e forçada a cometer o ato sexual com um rapaz de 19 anos que está preso

03 maio 2019 - 10h01Por Anna Gomes

Um indígena de 19 anos acabou preso na manhã desta sexta-feira (3), suspeito de estupro de vulnerável. A denúncia foi feita pela vítima, adolescente de 14 anos, moradora na Aldeia Bororó, em Dourados, município distante aproximadamente 220 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o Dourados News, na noite de quarta-feira a jovem saiu e encontrou o rapaz próximo a casa dela. Ambos deram voltas pela região e ao chegar de volta à residência da vítima, por volta das 2h de ontem (2), ele a chamou para entrar na mata ao lado.

A menor se negou e posteriormente foi puxada pelo suspeito até o local. Lá, foi consumado o ato sexual. 

Na tarde seguinte a jovem começou a apresentar sangramentos e a família a encaminhou até o Hospital da Vida. Diante da desconfiança do estupro, a vítima acabou levada até o Hospital Universitário.

No HU, os médicos constataram o ato e a menina contou o caso aos pais, procurando a delegacia para denunciar o ocorrido. Posteriormente, lideranças indígenas encontraram o autor e acionaram a Polícia Civil e a Polícia Militar.

O rapaz acabou preso e foi reconhecido pela vítima, porém, nega ter cometido o estupro. Levado à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher) e autuado em flagrante pelo crime.

O caso segue sendo investigado.

 

Leia Também

Angélica tem dois candidatos à prefeitura
Política
Angélica tem dois candidatos à prefeitura
Hospital Regional segue com mais de 80% de leitos ocupados
CORONAVÍRUS
Hospital Regional segue com mais de 80% de leitos ocupados
'Não tem que fechar nada', diz Bolsonaro sobre covid-19
Política
'Não tem que fechar nada', diz Bolsonaro sobre covid-19
Família de adolescente que sobreviveu à descarga elétrica faz pastelada para pagar tratamento
Cidade Morena
Família de adolescente que sobreviveu à descarga elétrica faz pastelada para pagar tratamento