Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
GOV FEMINICIDIO
Polícia

Assassino de pai e filho confessa que tirou cérebro de dentro de crânio em distrito

Restos mortais das vítimas foram achado em um poço

18 setembro 2019 - 18h47Por Thiago de Souza

Rafael Ferreira Ponce, 29 anos, que confessou o assassinato de pai e filho, no último domingo, no distrito de Panambi, em Dourados, detalhou à polícia que tirou massa encefálica de dentro do crânio da vítima mais nova. Ele está preso em Dourados.

O suspeito, conta o Dourados News, também revelou que manteve o fogo de uma churrasqueira aceso durante o dia inteiro para queimar e desaparecer com as vítimas, identificadas como Miguel Vieira, 39 anos, e Bryan Gabriel Vaz Vieira, 17 anos. Depois da incineração, ele jogou os restos em um poço desativado.

O assassinato aconteceu após uma briga entre as vítimas, que moravam com o agressor, em Panambi. Conforme relato de populares à polícia, o trio bebia na sexta-feira (15), quando pai e filho acabaram entrando em confusão com Rafael e o agredindo.  

Descoberta

No domingo (15),  um vizinho afirmou à polícia que sentiu cheiro de carne queimada e foi questionar Rafael. O suspeito teria confessado que matou Brayan, mas ninguém acreditou.

No final da manhã de segunda-feira, outra testemunha relatou que sentiu cheiro de algo queimando e foi até a residência e encontrou sangue na sala. Instantes depois, percebeu que havia algo no poço. Quando chegou perto, viu que eram corpos carbonizados.

 

 

Leia Também

VÍDEO: 'Bonde das rachadas' distrai vendedora e furta peças de R$ 200 no São Francisco
Cidade Morena
VÍDEO: 'Bonde das rachadas' distrai vendedora e furta peças de R$ 200 no São Francisco
Juíza exclui 'viúva' de Gugu de ação de inventário estimado em R$ 1 bilhão
Geral
Juíza exclui 'viúva' de Gugu de ação de inventário estimado em R$ 1 bilhão
EFEITO CENTRÃO? Em live, Bolsonaro pensa em recriar Ministério da Pesca
Geral
EFEITO CENTRÃO? Em live, Bolsonaro pensa em recriar Ministério da Pesca
CADÊ A GRIPEZINHA? Brasil chega a 26.754 mortos pela covid-19
Geral
CADÊ A GRIPEZINHA? Brasil chega a 26.754 mortos pela covid-19