TJMS - novembro
tce novembro
Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
Polícia

Suspeito de matar e jogar corpo em córrego é preso em casa de Pai de Santo

Ele confessou o crime e disse que procurou o centro espírita para se esconder da Polícia

10 novembro 2019 - 07h51Por Rayani Santa Cruz

Cecílio Cespede da Silva, suspeito de ter assassinado Ronei Cesário dos Santos a facadas e depois jogar o corpo no córrego Anhanduí da avenida Ernesto Geisel, foi preso escondido em um Centro Espírita da Vila Nhanhá, em Campo Grande. 

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 14h50 de sábado (9), o Batalhão de Choque recebeu informações de que o suspeito estaria no centro espírita da avenida Europa. Em conversa com o proprietário do Centro foi descoberto que ele não freqüentava há 30 dias e estaria em outro templo localizado na rua Floriano Paula Correa.

Os militares localizaram Cecílio, que confessou o homicídio, e justificou que estava na companhia de diversas pessoas na casa de um conhecido. Ele discutiu com Ronei e diz que foi agredido com um tapa no rosto. Segundo ele, a vítima teria pego a faca primeiro, mas foi derrubada e teve a faca tomada.

Ronei foi esfaqueado e atingido por diversos golpes. Após isso, ele e o dono da casa arrastaram o corpo por cem metros jogando no córrego. Cecílio disse que não contou o crime ao Pai de Santo.

Ele foi preso e encaminhado a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. O dono da casa também foi preso como co-autor do assassinato.