tCE COVID 19 18 A 16/05
Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
camara municipal
Polícia

VÍDEO: assaltantes mortos tinham envolvimento com facção criminosa

Eles estavam com armas de guerra e munições

10 novembro 2019 - 09h45Por Rayani Santa Cruz

Assaltantes ‘do chapéu’ acabaram mortos depois de enfrentar e atirar contra uma equipe do Batalhão de Choque, em Campo Grande. O fato ocorreu às 23h de sábado (9), após os militares reconheceram o carro dos bandidos e darem ordem de parada na região do Núcleo Industrial.

A dupla estava em um carro modelo Polo de cor preta. A PM tentou a abordagem com sirene e intermitentes ligados, mas eles não obedeceram,  iniciando a fuga sentido à saída de Rochedo. Na altura do km 352, o passageiro do carro começou a atirar contra a Polícia. Nisso, o motorista perdeu o controle e bateu no meio fio da pista.

Eles desceram do carro e, conforme o Batalhão, continuaram a atirar contra a equipe. A Polícia fez o revide e acertou a dupla. Eles foram socorridos e encaminhados a Santa Casa, mas morreram no hospital.

Armas de guerra

Dentro do carro foram localizadas uma submetralhadora UZI, cal 9mm e uma carabina M1 cal .30, diversas munições de calibres distintos, um colete balístico marca CBC, e três carregadores de arma, um chapéu de palha, dois bonés escuros, gandola camuflada e um papel com dois endereços.

Na primeira casa na rua Velia Berti de Souza, ninguém foi localizado, sendo apenas identificado o morador: Antônio Julho da Silva, de vulgo "Andorinha" e "velho do PCC", fugitivo do Sistema Prisional.  

Já na residência situada na rua Arlindo Sampaio Jorge, o suspeito Vagner Torrico Ramos foi localizado e afirmou conhecer os bandidos. Ele era responsável pela guarda das armas de fogo.

A dupla do chapéu teria passado no local e retirado as armas de fogo relacionadas. O arsenal pertence a um preso do Presídio de Segurança Máxima, identificado como Fábio.

Wagner estava com a quantia de R$ 4.343,00. Ele foi preso e encaminhado a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Veja o vídeo de um dos assaltos:

Leia Também

Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Geral
Bolsonaro proíbe Mandetta de trabalhar por seis meses: 'Estou abismado'
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Geral
Investigação diz que Witzel está no topo de estrutura que fraudou contratos no Rio
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada
Geral
Bolsonaro acusa jornais de vitimismo ao abandonarem cobertura no Alvorada
DESESPERADOR: Brasil tem 24.512 mortes pela covid e outros 3.883 óbitos são investigados
Geral
DESESPERADOR: Brasil tem 24.512 mortes pela covid e outros 3.883 óbitos são investigados