Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Política

Deputado diz que respeita aliança do PSD com Bolsonaro, mas que continuará crítico

Ele deve trabalhar de maneira independente na Câmara Federal; na "nova política" parte do centrão fez aliança com o presidente

29 maio 2020 - 12h44Por Rayani Santa Cruz

Nesta sexta-feira (29), o deputado federal Fábio Trad (PSD) se posicionou contra a decisão do partido, em fazer aliança ao presidente Jair Bolsonaro. Ele afirma que respeita aos demais parlamentares do PSD, mas que irá trabalhar de forma independente, já que não concorda.

O parlamentar que nos últimos meses vem fazendo críticas as atitudes controvérsas de Bolsonaro e de seus seguidores, acredita que a democracia vem sendo hostilizada.

“Respeito a decisão da maioria do PSD da Câmara de aliar-se ao governo federal. Peço, porém, que respeitem a minha posição no sentido de não concordar com essa postura. Eu não acredito em um governo que hostiliza a democracia. Continuarei independente e crítico em favor do país”, disse no Twitter.

(Reprodução Twitter)

Bolsonaro se aproximou de partidos do centrão, após diversas derrotas na Câmara e Senado Federal. O que se comenta é que combinados e cargos foram discutidos para tal. Hoje, o PSD conseguiu colocar o comandante da Polícia Militar de Minas Geras, Giovanne Gomes da Silva, na presidência da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). A nomeação foi publicada no "Diário Oficial da União". 

A chamada "nova política" de fato não ocorreu, e com o 'toma lá, dá cá, diversos deputados do PSD, e demais siglas passaram a dar um certo apoio ao presidente. 

 

Atualizada às 13h07 para acréscimos de informações.