Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
ALMS
Política

'Essa família é muito unida': onde há poder em MS existe um parente de deputado do PR

Cunhada, prima e tio do parlamentar ocupam assessorias na Assembleia Legislativa

26 abril 2019 - 17h00Por Thiago de Souza

O gabinete do deputado João Henrique Catan (PR) virou o que pode ser chamado de ''A Grande Família''. Depois da irmã da noiva dele ganhar cargo na Assembleia – e ser exonerada, o TopMídiaNews apurou que uma prima delas e o tio também foram nomeados.

Na quarta-feira (16), o site publicou que Fabiana Domingos Gonçalves Moleiro, cunhada de Catan por ser irmã da noiva Juliana Domingos, foi nomeada para uma assessoria técnica na Casa de Leis. Ela deixou a função sete dias após a denúncia, abandonado vaga com remuneração estimada em R$ 2.156,00.

Mas como o poder público é igual coração de mãe, Vanessa Mansano Gonçalves Mori, prima de Fabiana e Juliana, e Elcio Manzano Gonçalves Moleiro, tio de todas elas, também ocupam cargos. Vanessa vai faturar salário de R$ 2.692,00, sendo Élcio Mansano R$ 1.275,00. Todos eles foram fieis apoiadores de Catan na campanha de 2018.

Fabiana é cunhada do deputado e ganhou cargo na ALMS. (Foto: Reprodução/Facebook)

Mas não é só no legislativo que a família atua. Na Agência de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul, ligado ao poder executivo, está o tio Youssif Domingos, político de longa data em MS, onde vereou por três mandatos, foi deputado estadual em 2006, inclusive líder do governo André Puccinelli, no então PMDB. Em 2018, ele foi 'eleito' pelos deputados para o segundo mandato no órgão.


Fabiana pede que tio volte a cargo político. (Foto: Reprodução/Facebook)

O apego da família pela política vem de longa data. Na década de 60, o patriarca Calil Domingos já era candidato e foi um dos fundadores do PDT em MS, conforme descreveu a família.

No Tribunal de Justiça, a própria noiva de Catan, Juliana Domingos, ocupa um cargo, só que neste caso concursado.

O parlamentar justificou a nomeação dos citados dizendo que é ainda é noivo de Juliana Domingos, por isso não incorre no crime de nepotismo. Ele disse, em vídeo, que seu gabinete é um dos mais enxutos da Casa de Leis e vai levar o caso para apreciação do Ministério Público Estadual.

''Se houver alguma coisa que fira o princípio da moralidade, vocês podem me cobrar'', prometeu Catan.

Leia Também

Bebê é achado morto em quarto de hotel; pais estão detidos
Geral
Bebê é achado morto em quarto de hotel; pais estão detidos
Hoje, Marquinhos Trad ganharia no primeiro turno, aponta pesquisa
Política
Hoje, Marquinhos Trad ganharia no primeiro turno, aponta pesquisa
'#TODAS PELA CARLA': mulheres organizam carreata para pedir justiça por Carla Magalhães
Cidade Morena
'#TODAS PELA CARLA': mulheres organizam carreata para pedir justiça por Carla Magalhães
Marquinhos celebra retorno de consultas com especialistas em Campo Grande
Cidade Morena
Marquinhos celebra retorno de consultas com especialistas em Campo Grande