Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Política

Glenn afirma que vai continuar publicando material sobre Sérgio Moro e a Lava Jato

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) estranha que o jornalista esteja sendo investigado, quando as denúncias é que deveriam ser apuradas

12 julho 2019 - 15h45Por Da redação/Portal de Notícias do Senado

O jornalista Glenn Greenwald, responsável pelo site The Intercept Brasil, falou à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ) sobre mensagens entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, que foram trazidas a público pelo site e pela imprensa.

Greenwald afirmou que o material que obteve é autêntico e que, apesar de sofrer ameaças, vai continuar publicando reportagens sobre o assunto, uma vez que confia nas instituições brasileiras. O senador Marcos do Val (Cidadania-ES) ponderou que o material deve ser autenticado por órgão oficial para ter credibilidade.

Ao defender a liberdade de imprensa, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), estranha que o jornalista esteja sendo investigado, quando as suas denúncias é que deveriam ser apuradas. Entidades, como a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Repórteres sem Fronteiras, enviaram à CCJ nota de repúdio ao cerceamento da atividade jornalística.  Ouça o áudio com mais informações da repórter Iara Farias Borges, da Rádio Senado.

Leia Também

Casal em picape morre na hora após batida frontal com carreta na BR-267
Interior
Casal em picape morre na hora após batida frontal com carreta na BR-267
VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
Cidade Morena
VÍDEO: na 'cara dura', ladrões arrombam casa no Giocondo Orsi
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
Cidade Morena
'CÊ CURTE?' Quinta-feira vai ser bem gelada e mínima será de 7º C em Campo Grande
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida
Geral
CUIDADO: cobra naja que deixou estudante em estado grave está desaparecida