Menu
terça, 15 de junho de 2021
Política

Bolsonaro revolta políticos de MS com campanha contra uso de máscaras

Deputado e senadora pediram para que ministro da Saúde Marcelo Queiroga interfira na canetada

11 junho 2021 - 11h32Por Rayani Santa Cruz

Parlamentares de Mato Grosso do Sul criticaram discurso do presidente Jair Bolsonaro, em que cita a possibilidade de desobrigar o uso de máscara para vacinados contra a covid-19 e para quem já teve a doença.

O deputado Fábio Trad (PSD) e a senadora Simone Tebet (MDB) apelaram ao discernimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Trad chegou a afirmar que se houver “a canetada, o STF suspenderá o decreto em menos de 24 horas”. O parlamentar ainda comentou sobre o posicionamento do ministro que desmentiu o presidente logo depois da declaração sobre as máscaras.

“Queiroga acaba de desmentir categoricamente Bolsonaro. Não há ultimação de parecer algum. O ministro negou o que o presidente afirmou. Isso tudo em menos de 3 horas. É a mentira como método político. Neste caso, desmascarada pelo ministro”, diz Fábio Trad.

A senadora Simone Tebet também endossou as criticas e ironizou no Twitter. “Ministro Queiroga, sob as bênçãos da ciência e ao som de um réquiem cantado por um coral de 482.135 vozes, diga NÃO à retirada do uso de máscaras. Diga SIM à vida.”