TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Saúde

Corona made in MS: já são três sul-mato-grossenses com o vírus

Por sorte de quem mora por aqui, nenhum está em território regional

14 março 2020 - 07h55Por Vinícius Squinelo

Nelson Trad Filho, Di Ferrero e Ueze Zahran Stamatis. Esses são os três sul-mato-grossenses com a infecção pelo corona vírus confirmada. Por sorte de quem por aqui reside, o trio está, cada um por seu motivo, fora do território regional, evitando contágio da doença.

O senador Nelsinho foi o mais recente a comunicar ter dado positivo para o COVID-19, em comunicado na noite de ontem nas redes sociais. Ele chegou dos Estados Unidos e está isolado na residência oficial, em Brasília.

O neto de Ueze Zahran, que leva o nome do avô, também usou as redes sociais para confirmar a contaminação. O comunicado causou um furor de desespero nos sul-mato-grossenses, com direito a fake news de que ele frequentava boates de Campo Grande recentemente. Porém, Ueze está em São Paulo, onde estudo, e não aparece na Capital há mais de 40 dias.

O caso menos preocupante para o sul-mato-grossense é do cantor Di Ferrero, nascido por aqui e que estourou Brasil afora com o NX-0. Di anunciou nas redes sociais na quinta-feira (12) que está com o vírus. Ele contou que teve febre e um pouco de falta de ar, mas que já está melhor. Apesar disso, ainda ficará uns dias em isolamento em São Paulo. 

No Brasil, o número de casos confirmados já passa de 100, enquanto no início da semana eram apenas sete, mostrando o potencial explosivo de contaminação do coronavírus. EM MS, são 15 casos investigados, mas nenhum confirmado.