TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 08 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Expo VIP Beleza II
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Saúde

Reinaldo visita Mandetta e pede união dos estados para comprar remédios mais baratos

Governador também pediu reajuste da tabela SUS, que é o dinheiro repassado aos estados pelas consultas médicas

17 dezembro 2018 - 12h30Por Rodson Willyams

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se encontrou com o futuro ministro da Saúde de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (DEM), para tratar de pautas ligadas a saúde dos estados brasileiros.

Durante entrevista, Reinaldo afirmou que defende a criação de atas de preço por parte do Ministério da Saúde para aquisição de medicamentos de alto custo. "Isto reduz o preço de medicamentos de alto custo e permite que possamos comprar. É diferente, por exemplo, de Mato Grosso do Sul comprar do que o Brasil comprar".

Outro ponto lembrado pelo governador é quanto à falta de reajuste na tabela SUS. Esta seria uma das principais reclamações que foram levantadas pelos governadores durante a última reunião que tiveram em Brasília (DF).

Para o governador, todos os insumos subiram o preço no país, menos o valor da tabela que apresenta uma defasagem maior. No caso, isso significa que o SUS continua repassando pouco dinheiro para realização de procedimentos cada vez mais caros, entre consultas, exames e curativos.