TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Cidades

Pavimentação de Coxim abre caminho para expandir a produção local em MS

Pavimento na MS-223 está com 90% concluído e é um marco em estruturação de rodovias no Estado

25 novembro 2021 - 08h32Por Rayani Santa Cruz

O Governo do Estado segue investindo na estruturação de rodovias estaduais que melhoram o escoamento da produção e levam o desenvolvimento para diversas regiões do Mato Grosso do Sul. Em Coxim, são 15.412.897,50 destinados à pavimentação de 9,6 km da MS-223, entre os distritos de Silvolândia e São Romão.

Para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) investir em rodovias é investir no desenvolvimento do Estado.

“É o desenvolvimento chegando nas regiões mais distantes do Estado. Quem produz também precisa do apoio do Governo do Estado, e é isso que estamos fazendo”, disse. O secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, também destaca a importância do investimento: "Ouvir depoimentos como do senhor Lael e do seu Eduardo mostra que o Governo do Estado está no caminho certo, ao investir em rotas de áreas produtivas como esta de Coxim, estamos direcionando recursos ao que, de fato, funciona, no ciclo do desenvolvimento, que gera recursos, renda e empregos".A obra 

Pecuaristas e agricultores de Coxim estão contentes com a chegada do asfalto na rodovia, como é o caso de Celestino Vendrusculo.

“Chegamos aqui em 1975, somos pioneiros. Passamos por todos os governos até chegar ao atual, é com muita alegria e satisfação que recebemos essa logística de progresso. O produtor rural contribui, paga imposto, mas ele também quer a contrapartida, que é o mínimo, o escoamento da produção. Então, a gente fica muito grato ao Governo do Estado”, disse.

Com aproximadamente 50 trabalhadores, a obra está 90% concluída. Segundo o engenheiro responsável, Alex Matias a parte de pavimentação está quase toda concluída, restando apenas os trechos de aproximadamente 300m onde foram implantadas galerias em dois córregos que cortam a rodovia e um trecho de recapeamento no distrito de Silvolândia, além da drenagem e sinalização.

A previsão é que a obra seja entregue no final de janeiro.