TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Política

Nas entrelinhas, vereador defende Sara Winter e reprova prisão

Ele afirma que o STF vem interferindo muito nos Poderes e fez criticas veladas à decisão do ministro Alexandre de Moraes

16 junho 2020 - 10h43Por Rayani Santa Cruz

Após a prisão da bolsonarista Sara Winter, que menosprezou o projeto de lei das fake news do vereador Carlão (PSB), o vereador Papy (SD) criticou ações do STF (Supremo Tribunal Federal), sem citar o nome da líder “Dos 300”.

Papy falou em nome da liderança do Solidariedade, e disse que existe uma insatisfação sobre a judicialização da política. Segundo ele, quando o STF é questionado, existe a interferência.

“Críticas ao STF estão causando prisões. Alguém se manifestar na internet, alguém ser contra o ministro do STF está gerando prisões no Brasil. É um super poder e temos que tomar muito cuidado com isso”.

Papy afirmou que é contra atos antidemocráticos, mas que “se os ministros querem governar no país, que larguem a toga, se filiem a um partido, se candidatem, vençam eleições”.

Sara foi presa pela Polícia Federal, após a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, que atendeu a um pedido do Ministério Público Federal feito na sexta-feira (12), a partir de indícios de que o grupo estava captando recursos financeiros para ações que se enquadram na Lei de Segurança Nacional.