Menu
Busca segunda, 21 de outubro de 2019
Top Ms
Política

Após flagrante, Kemp diz que cobrou bebidas por engano e vai devolver dinheiro

A conta de R$ 1,8 mil vai ser quitada essa semana, segundo o deputado

16 setembro 2019 - 15h00Por Rayani Santa Cruz

A nota no valor de R$ 1,8 mil, dinheiro gasto com 42 bebidas alcoólicas durante uma confraternização dos funcionários do deputado Pedro Kemp (PT), passou batido até pela auditoria da Assembleia Legislativa. É o que defende o parlamentar.

A prestação de contas deve ocorrer todos os meses, mas houve alguns erros neste caso, e o valor vindo de cofre público terminou usado em garrafas de vinho e cervejas, diz ele.

O deputado afirma ainda que sempre faz a retirada do valor desses produtos das notas, mas, neste caso específico, os responsáveis pela conferência no gabinete deixaram passar, e até a equipe da Casa.

“Sempre quando viajo tem nota de refeição e nota de bebida alcoólica, eu retiro e pago a parte. A Assembleia não faz ressarcimento de bebida. A nota passou batida”, explicou.

Ressarcimento do dinheiro público

A diversão foi em 2017 e o ressarcimento deve ocorrer nesta semana, segundo Kemp. “Isso tá errado, é irregular e vou fazer a devolução desse valor”, diz o deputado.

A equipe do gabinete se reúne todo o fim de ano para fazer balanço das atividades durante o dia e, à noite, ocorre a confraternização.

O episódio veio a público por meio da ONG Operação Política Supervisionada, especializada na fiscalização de gastos públicos do Legislativo, com apoio do site Congresso em Foco, que deu publicidade ao tema.